Colwire

Colwire

São Bernardo do Campo/SP

Reviews postadas

Banda ainda não escreveu nenhuma review.

Release

Banda originalmente brasileira da região do ABC paulista. Formada no Inicio de 2010 após a entrada de Álvaro Limeira (vocalista), com a mistura de fortes influências num som mais moderno e pesado mesclado com Death Metal e outros gêneros, a banda mudou de nome para Colwire e foi descrita como "Deathcore" pelo público. No final do mesmo ano lançaram os 2 primeiros singles “Sentindo o Ódio” e “A Rainha”, onde começaram sua carreira. No começo do ano seguinte, gravaram mais duas músicas intituladas “Julgamento” e “O Céu Não Vai Te Salvar” completando o primeiro EP com o título de “Holocausto”. Logo após o lançamento oficial do EP lançaram seu primeiro webclipe da musica “O Céu Não Vai Te Salvar” onde tiveram ótimos resultados. Em meados de 2012 gravaram um novo single com o produtor Adair Daufembach, a música chamada “M.I.D.I.A.”, resultou no primeiro Lyric Vídeo da banda dando assim um espaço muito maior na cena underground de hoje e marcando definitivamente seu nome. Em 2014 a banda lançou seu primeiro álbum, intitulado “ETERNA” em 22 de janeiro de 2014 contendo 9 faixas, dentre elas uma single lançada anteriormente chamada "Teoricamente Correto", o álbum foi produzido e mixado por Leandro Figliolia e o guitarrista da banda Guilherme Yukio e logo após, masterizado no Estúdio Flap C4. Com esse trabalho obtiveram não somente olhares e admiração nacionais como alguns espaços em blogs internacionais de divulgações mais populares do gênero. No final de 2015 a banda passa por mudanças em sua formação e então o baterista Igor Mamute assume as baquetas logo após sua entrada lançaram a Single "Sete palmos abaixo" que seria o começo de um novo trabalho, um ano depois a banda entra em estúdio para o mais novo trabalho intitulado "Silenciados". Lançado em 13/01/2017 numa sexta-feira "Silenciados" é o mais novo material disponível da banda, com uma pegada muito mais pesada e com muito mais groove a banda vem se destacando na cena dia após dia.